WELCOME

Este Blog é uma oportunidade de trocar experiências com aquelas que já passaram, estão passando ou ainda passarão por pequenas grandes alegrias, surpresas e aventuras do dia a dia de ser mãe, mamãe, mamãezinha. Sejam todas muito bem vindas!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Procurando escola para Lívia - Parte II

Oi pessoal,
Continuo na busca por uma escola para Lívia! E, como consequência, remexendo a net em busca de informações sobre esse assunto - ou seria informações DEMAIS sobre esse assunto????????? Encontrei um artigo bem legal sobre ADAPTAÇÃO na escola e resolvi compartilhar com vocês. Mas, confesso que estando do outro lado (enquanto professora), tudo parecia ser tão mais simples, fácil e "normal"...
Refletindo sobre a adaptação na escola

Ao entrar na escola, a criança passa pelo processo de adaptação. Freqüentar a escola significa ter que lidar com um ambiente novo e desconhecido, longe da segurança e proteção dos pais.
A angústia e a ansiedade estão presentes no momento da separação, somados ao medo de que não venham buscá-lo.
É importante ressaltar a relação de dependência que se estabeleceu entre a criança e sua família, principalmente com a mãe, a partir do nascimento. Passou a estabelecer-se, a partir daí, uma relação afetiva forte e de difícil separação, tanto para vocês quanto para sua criança.
O choro nos primeiros dias pode provocar uma reação de ansiedade. Neste momento que a criança chora, está querendo comunicar ser difícil separa-se de você mãe e de você pai. Portanto, espera que você confirme que no novo ambiente estará seguro e que você acredita que ele ficará bem, para que sua ansiedade não seja sentida pela criança.
Uma tarefa difícil, pois os pais também estão em processo de adaptação, que envolve segurança e confiança com a escola e as professoras.

Algumas dicas importantes:
Quando deixar a criança na escola, não sair escondido para evitar o choro;
O choro, não é a única manifestação na separação, a criança pode apresentar outras manifestações como: falta de apetite, sono, vômito, diarréia, febre;
Quando você for buscá-lo, ele pode chorar como um desabafo das tensões deste período de adaptação;
É importante os pais entenderem este processo como a busca de autonomia e início da conquista de independência da criança.

PS - Acho que papai vai dar mais trabalho que a criança, hehehe....



Nenhum comentário: