WELCOME

Este Blog é uma oportunidade de trocar experiências com aquelas que já passaram, estão passando ou ainda passarão por pequenas grandes alegrias, surpresas e aventuras do dia a dia de ser mãe, mamãe, mamãezinha. Sejam todas muito bem vindas!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Exercícios para Fazer com Seu Bebê (2 a 5 meses)

Arrastar



Benefícios: é um exercício imprescindível para o desenvolvimento normal do cérebro, pois faz com que os dois hemisférios trabalhem juntos. Também é essencial para promover uma boa coordenação motora no futuro e boa concentração.
Ponha seu bebê de bruços numa superfície limpa (pode ser cama ou um colchonete);
Disponha alguns brinquedinhos a uma certa distância do bebê;
Incentive-o a se arrastar até os brinquedinhos.
Faça os exercícios diariamente, dando o máximo de oportunidade para seu filho se arrastar.



Tá Difícil?
Tenha em mente que se seu filho está caminhando para os 4 meses, ele já pode estar pesado demais para conseguir se arrastar. Isso é muito comum com bebês que não tiveram a oportunidade de ficar na posição de bruços quando bem novinhos.



E se Meu Filho não Conseguir Arrastar, Pode ter Problemas no Futuro?
Sim. Após haver estudado o desenvolvimento de crianças normais e de crianças com problemas, pesquisadores dos Institutos da Filadélfia chegaram a conclusão de que pular etapas do desenvolvimento motor, pode acarretar a falta de determinadas habilidades à criança. Podem surgir conseqüências adversas, como problemas de coordenação motora, problemas de concentração, hiperatividade, dificuldades na dominância hemisférica (por exemplo, o indivíduo não consegue ser totalmente destro, ou totalmente canhoto) e dificuldades de aprendizado, principalmente em leitura e escrita.Calma, não se desespere!!!



Testemunho de uma Mãe
Se seu filho não arrastou ainda há esperança. Não se assuste. Minha filha mais nova também não conseguiu arrastar quando bebê, pois quando eu a coloquei de bruços pela primeira vez, ela já estava com quatro meses e meio e super pesada. Então o que eu fiz? Coloquei-a para arrastar com um ano e meio. Mas é claro que tive que arrastar junto com ela e usei colchonetes enormes! Como ela não estava muito interessada, voltei a incentivá-la aos dois anos, e foi um sucesso!
Até minha outra filha, de quatro anos, também entrou na dança:Então tenha em mente que se você puser seu filho para se arrastar com 2,3 ou 4 anos, ele certamente irá formar as conexões cerebrais que não havia feito quando bebê.


Meu Testemunho

Aqui, Lucca estava com 4 meses



Lucca está agora com 5 meses e meio e já está rolando na cama e levantando a cabeça, apoiando-se nos braços. Mas nunca gostou - e não gosta até hoje! - de ficar de bruços. Tenho estimulado o pequeno a buscar brinquedinhos para que ele se arraste pela cama. Ele até vai, mas fica bravo porque quer pegar aquilo que coloquei a sua frente e não consegue. Mas é assim, aos pouquinhos, ele chega lá!!!



OBS: tudo o que foi dito aqui sobre arrastar, também se aplica ao ato de engatinhar. Portanto, ambas são etapas importantíssimas do desenvolvimento neurológico dos bebês.



Postado por Ana Júlia, em seu Blog http://ensineseubebe.blogspot.com/

4 comentários:

Simoni disse...

Que legal! Não sabia que isso era tão importante. Vou começar fazer com a Bia, pq ela é super sossegada. Desde pequenininha eu a deixo de bruços alguns minutos por dia, mas a preguiçosa só fica lá paradona, olhando pros lados, naaada de se arrastar...

Ariane Fernandes Antonini Collote disse...

Pois é Simoni,
É importante sim. Mas cada criança é de um jeito, não adianta tentar comparar. A Lívia sempre foi muuuuuuuuuuito preguiçosa e o Lucca tb parece ser sossegadão!!!!
Vou postar o comentário da Liciene, mãe do João Pedro, primo-gêmeo do Lucca - 9 dias mais velho que o meu!
"João Pedro já está prestes a completar seis meses e essa semana começou a "rolar de vez" de barriga pra cima virou para bruços e vice-versa. Ao contrário de seu primo Lucca ele fica de bruços desde a primeira semana de vida e é uma das... maneiras que ele mais gosta de ficar. Quanto a se arrastar... ele até já consegue, mas algumas vezes também fica bravo se demora pra alcançar o objeto.
Continue mostrando coisas novas que a gente adora ler....
Bjs pra vc e pro meus gorduchos!!!"

Simoni disse...

Semana passada fui procurar uma creche pra colocar a Bia qdo eu voltar a trabalhar. Conheci o lugar, bonitinho, limpinho, organizado, perguntei que atividades os bebês faziam durante o dia e a cuidadora respondeu: "ah, são bebês, que atividades poderiam fazer?!"
(!)

Ariane Fernandes Antonini Collote disse...

Sabe simoni, estou na árdua tarefa de visitar escolas para Lívia... como é difícil...ou eu sou muito chata, ou as escolas precisam rever alguns conceitos...